Confira o ranking dos carros mais vendidos em todo o mundo, por País

Janeiro a junho de 2019: durante o primeiro semestre de 2019, as vendas de carros foram menores em todos os principais mercados de automóveis do mundo, com exceção do Brasil, onde as vendas aumentaram 11%. O mercado de automóveis japonês ficou estável, enquanto os mercados dos EUA e da Rússia contraíram cerca de 2%. Na União Européia, os registros de novos veículos de passageiros caíram 3%, mas permaneceram em níveis relativamente altos. Na Índia, as vendas de carros novos durante os primeiros seis meses de 2019 caíram um décimo, enquanto a China permaneceu o maior mercado de carros novos do mundo, apesar de uma contração de 14%.

Vendas de carros em todo o mundo em 2019 (semestre)

Os novos registros de veículos leves e de passageiros em vários mercados importantes do mundo monitorados pela VDA foram os seguintes em junho de 2019 e no primeiro semestre de 2019:

Região Junho 2019 % Mudança 1-6 / 2019 % Mudança
Europa (UE + EFTA) 1.491.300 -7,9 8.426.200 -3,1
Rússia* 151.200 -3,3 828.800 -2,4
EUA* 1.514.900 -1,9 8.412.900 -1,9
Japão 367.000 -2,2 2.285.700 -0,3
Brasil* 214.000 9,5 1.251.800 10,9
Índia 225.700 -17,5 1.556.800 -10,3
China 1.700.000 -7,1 9.932.900 -14,0
* Veículos leves
Fonte: VDA

Expansão contínua do mercado brasileiro de automóveis em 2019 (primeiro semestre)

As matrículas de veículos leves no Brasil aumentaram quase um décimo em junho de 2019 – o único grande mercado de carros novos do mundo a se expandir em junho de 2019. Entretanto, no território sul-americano, o Onix vem liderando, agora mais como o lançamento do Onix Plus, é que as vendas da linha devem crescer ainda mais.

O Brasil é similarmente o único mercado importante de automóveis no mundo com crescimento durante o primeiro semestre de 2019. As novas vendas de veículos leves no Brasil aumentaram 11% durante o primeiro semestre de 2019.

Japão – Vendas de carros planos em 2019 (semestre)

As novas matrículas de veículos de passageiros no Japão permaneceram estáveis ​​durante o primeiro semestre de 2019, com uma pequena contração de 0,3%, para 2.285.700 carros.

Em junho de 2019, o mercado japonês de carros novos era 2,2% menor que o ano anterior, com 367.000 vendas.

EUA – Vendas de carros mais fracos em 2019 (primeiro semestre)

As vendas de veículos leves nos EUA diminuíram 1,9% em junho de 2019 e nos primeiros seis meses do ano. Em junho, o mercado dos EUA era um pouco maior que o da União Européia, com 1.514.900 carros vendidos, enquanto no primeiro semestre o mercado dos EUA, com 8.412.900, foi apenas um pouco menor. Como antes, o setor de caminhões leves expandiu-se 1%, enquanto as vendas de automóveis tradicionais contrataram 9%.

Brasil – Vendas de carros Hatch em crescimento

Pois é, no Brasil, as vendas de carros Hatch estão em constante crescimento, fazendo com que o ranking de carros mais vendidos seja dominado por carros populares das principais marcas automobilísticas do Brasil, como é o caso da Chevrolet, que permanece na liderança há anos, na sequência há um embate entre a Hyundai e Ford, onde as duas vem oscilando entre a segunda e terceira posição, há meses. Com base nisso, no ranking com os carros mais vendidos outubro 2019, por sua vez, não deve ser diferente, onde teremos mais uma vez o Onix no topo da lista.

Rússia – Vendas de carros mais fracas em 2019 (semestre)

As vendas de caminhões leves na Rússia foram 3,3% mais fracas em junho de 2019 em comparação com o mesmo mês de 2018. Durante os primeiros seis meses de 2019, o mercado russo contraiu ligeiramente 2,4%, para 828.800 veículos.

Europa – Vendas de carros fracas em junho de 2019

Os registros de veículos novos de passageiros na UE e na EFTA caíram 8% em junho de 2019. A contração ocorreu em parte devido a dois dias úteis a menos em junho de 2019 em comparação com 2018 em muitos países europeus.

Durante o primeiro semestre de 2019, o mercado de automóveis novos da UE contraiu 3,1%, mas permaneceu próximo do pico histórico. A Alemanha teve o melhor primeiro semestre de todos os tempos, com registros de carros em 0,5%, mas todos os outros principais mercados contraíram a França em 1,8%, a Grã-Bretanha 3,4%, a Itália em 3,5% e a Espanha em 5,7%.

Índia – Vendas de carros fracas em junho de 2019

O mercado indiano de carros novos contraiu acentuadamente em junho de 2019, com vendas 17,5% inferiores às de junho de 2018. Os números mais baixos foram parcialmente devidos aos números altos de um ano atrás.

Até agora em 2019, o mercado indiano de automóveis novos era um décimo mais fraco do que um ano atrás.

China – Vendas de carros fracas em 2019 (semestre)

A China permaneceu de longe o maior mercado de automóveis de um país do mundo, apesar das vendas contrairem 7,1% em junho de 2019 e 14% durante o primeiro semestre de 2019. O mercado de automóveis novos chinês foi fortemente influenciado pela incerteza sobre as tarifas de importação com os EUA. Em maio de 2019, a VDA revisou sua previsão para o mercado de carros novos chineses em todo o ano de 2019 para baixo, de estável para -4%.

Dicas de carros off-road para comprar ainda este ano

Fique agora mesmo por dentro de todas as nossas dicas referentes aos carros off-road para comprar ainda este ano:

Mitsubishi Pajero

Você pode ter esquecido sobre o Pajero, e tudo bem. Nós não recebemos a variante mais legal, a Evolution, aqui nos EUA. Mas nós dirigimos um no ano passado e adoramos.

Suzuki Jimny

O Suzuki Jimny 2020, com seu pequeno tamanho e sustentações pesadas, sempre foi um fantástico off-roader. O novo não está vindo para os EUA, mas lembre-se, Suzuki vendeu-os aqui sob a placa Samurai no passado, se você realmente quer possuir um. Aqui está um à venda por US $ 3900.

Land Rover Defender

O Defender é tão lendário quanto o Wrangler, e por boas razões. Tem sido ao redor para sempre, com um design simplista que os amadores gostam. Além disso, parece fantástico. Espero que o novo corresponda às nossas altas expectativas. Este está ostentando uma libré de Martini legal , e está à venda no eBay agora.

Mercedes-Benz Unimog

O Unimog pode não ser a melhor coisa para dirigir na estrada, mas fora da calçada, é praticamente imparável. Pneus maciços e distância do solo praticamente ilimitada significam que você pode ir aonde quiser. Aqui está um modelo pintado de vermelho para licitação.

Dentre esses modelos ainda citados aqui, uma boa opção, ainda não deixa de ser o Jeep Compass 2020.

Jeep Wagoneer

Se o luxo é o que você procura em um off-roader, considere o Wagoneer. Ele foi pioneiro no estilo do SUV moderno, com recursos de conforto padrão e alguns painéis de madeira muito legais. Este está em boas condições e está à venda.

Provedores de TV por assinatura dos EUA perderam 1.325.000 assinantes no 1 Trimestre de 2019

Os maiores provedores de TV paga nos EUA – representando cerca de 95% do mercado – perderam cerca de 1.325.000 assinantes de vídeo líquido no 1T 2019, em comparação com uma perda líquida pro forma de cerca de 305.000 assinantes no 1T 2018.

Esses números do Leichtman Research Group (LRG) confirmam outros relatórios recentes sobre as perdas contínuas das plataformas tradicionais de TV paga. O primeiro trimestre de 2019 marcou o pior já registrado para o corte de cabos, com mais de 1,1 milhão de unidades em fuga , segundo a BTG Research. E o informitv Multiscreen Index informou que os provedores de TV dos EUA escoam 1,28 milhão de assinantes no primeiro trimestre de 2019.

Quando o assunto é Brasil, não é diferente, e é exatamente por isso que cada vez mais a lista IPTV setembro 2019 vem ganhando espaço, e de uma forma mais do que alastrante.

Os principais provedores de TV por assinatura respondem por cerca de 87,8 milhões de assinantes – sendo que as seis maiores empresas de TV a cabo têm 46,7 milhões de assinantes de vídeo, serviços de TV por satélite 28,3 milhões de assinantes, as principais empresas de telefonia 8,9 milhões de assinantes e as maiores publicamente. vMVPD) serviços de TV paga 3,9 milhões de assinantes.

As principais conclusões do trimestre incluem:

  • Os serviços de TV por satélite perderam cerca de 810.000 assinantes no 1T 2019 – comparado a um prejuízo líquido de 375.000 assinantes no 1T 2019. As perdas líquidas de DTH foram maiores do que em qualquer trimestre anterior, marcando o quarto trimestre consecutivo de recorde. perdas líquidas de DTH.
  • As seis principais empresas de cabo perderam cerca de 335.000 assinantes de vídeo no 1T 2019 – comparado a uma perda de cerca de 285.000 assinantes no 1T 2018.
  • As principais operadoras de telefonia perderam cerca de 105.000 assinantes de vídeo no 1T 2019 – comparado a uma perda de cerca de 50.000 assinantes 1T 2018.
  • Os serviços da Internet entregues (vMVPD), Sling TV e DirecTV Now, perderam cerca de 75.000 assinantes no 1T 2019 – em comparação com cerca de 405.000 adições líquidas no 1T 2018.
  • A AT & T teve um prejuízo líquido de cerca de 625.000 assinantes em seus três serviços de TV paga (DirecTV, AT & T U-verse e DirecTV Now) no 1T 2019 – comparado a um ganho líquido de aproximadamente 125.000 assinantes no 1T 2018.

Confira a imagem referente a isso, na íntegra: